Carimbão articula chapa para eleger dois ou três estaduais

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/02/carimbão-1.jpgCarimbão articula chapa para eleger dois ou três estaduais

O deputado federal Givaldo Carimbão, presidente do PHS em Alagoas, segue como um trator da política – literalmente. No contato com as bases, atividades religiosas e outras ações parlamentares costuma rodar mais de 8 mil km por mês. Ainda assim encontra tempo para atividades na Câmara dos Deputados e para tocar articulações políticas nos bastidores.

Registrei aqui, outro dia, que ele trabalha na construção de uma “chapinha” de deputado estadual que terá como puxador de votos o deputado Carimbão Filho. O que ele quer, lançando mais de 10 candidatos da sua base de apoio, é eleger ao menos dois parlamentares.

Pelas contas de Carimbão, seria possível eleger o segundo deputado numa chapa do PHS com mais de 5 mil e menos de 10 mil votos. Este é o plano A.

E o plano B? É aí que entra a lógica de Carimbão para eleger o terceiro deputado estadual. Isso seria possível com a coligação com outros partidos, todos com candidatos com um potencial entre 5 mil e 15 mil votos. Entre as legendas que ele tem sondado – sem fazer segredos – estão o PCdoB e o PV. Ele também não descarta conversas com outras legendas, como o PPS.

“Acredito que essa chapa será o fato novo das eleições. Vamos viabilizar a coligação, garantindo votos para fazer ao menso três estaduais. É a única chapa hoje capaz de eleger deputados com menos de 10 mil votos”, aponta.

O único problema é que, como em outras chapas com este perfil, não é todo candidato que entra. Os escolhidos estarão também dentro do potencial de votos da chapa – nem muito acima, nem muito abaixo.

Carimbão prefere – por pura estratégia – preservar por enquanto os nomes dos pré-candidatos que pretende lançar na chapa do PHS. Não é difícil adivinhar, no entanto, que algumas lideranças, q tem um pé na política e estão ligados ao deputado, a exemplo de Luciano Monteiro, Álvaro Guimarães e Alberto Sextafeira, poderão fazer parte do projeto.

O que posso adiantar (vi a lista) é que hoje o deputado já tem um grupo de ao menso dez candidatos em seu grupo com potencial para fazer, juntos, de 60 mil a 65 mil votos. Com os reforços que ele espera confirmar nos próximos dias, Carimbão espera chegar, no Plano A, de 85 mil a 90 mil votos.

Edivaldo Junior

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate