Gás natural: Arsal fiscaliza mais de 30 unidades consumidoras em julho

Gás natural: Arsal fiscaliza mais de 30 unidades consumidoras em julho

Técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) fiscalizaram 32 unidades consumidoras de gás natural canalizado em Maceió, durante o mês de julho, sendo 29 do segmento residencial e três estabelecimentos comerciais.

A equipe fiscalizou também a execução de obras de implantação de rede e ramal nos bairros Santos Dumont, Barro Duro e São Jorge e as manutenções preventivas realizadas pela Gás de Alagoas S.A (Algás) em três postos de Gás Natural Veicular (GNV) na capital.

Entre os pontos analisados estão o tempo de atendimento para a concessionária solucionar problemas de falta de gás e vazamento na rede de distribuição; o estado de conservação dos medidores instalados; resultado das inspeções realizadas pela Algás nas unidades consumidoras e a satisfação dos usuários com o atendimento prestado. Não foram identificadas não-conformidades durante as vistorias.

Os técnicos da Gerência de Gás Natural da Agência Reguladora acompanharam ainda a construção do gasoduto Penedo-Arapiraca, cujas obras foram iniciadas em fevereiro de 2016 no município ribeirinho e já se encontram em Arapiraca, com mais de 48 mil metros de gasodutos construídos.

A equipe auditou também as análises laboratoriais realizadas diariamente em amostras de gás coletadas em locais previamente definidos pela Arsal – visando verificar se o gás natural comercializado no Estado está odorizado em conformidade com os níveis padrões – e monitorou 60 indicadores de desempenho, ferramentas essenciais para o gerenciamento da segurança no fornecimento de gás natural e da qualidade do serviço, do produto e do atendimento comercial da concessionária.

Conforme Clara Alves, gerente de Gás Natural da Arsal, mensalmente são avaliados 26 indicadores comerciais, 25 indicadores de qualidade, seis de segurança e três de análise da evolução do mercado de gás natural, que servem como parâmetros para identificar qualquer desvio ou não-conformidade, orientar mudanças e acompanhar melhorias no serviço prestado.

O sistema de distribuição de gás natural atende 9.261 unidades consumidoras, sendo 32 indústrias, 31 postos automotivos, 579 estabelecimentos comerciais, 8.614 unidades residenciais (condomínios, prédios, residências) e cinco unidades de cogeração em oito municípios alagoanos, Maceió, Penedo, Rio Largo, Atalaia, Pilar, Santa Luzia do Norte, Satuba e Marechal Deodoro.

Agência Alagoas

Author Description

Victor Spinelli

Sem Comentários ainda.

Participe do debate