Seprev intensifica ações de combate ao jogo Baleia Azul em Alagoas

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) está intensificando as ações de combate ao jogo Baleia Azul, que tem incitado crianças e adolescentes a cometerem automutilação e suicídio em todo o mundo. A campanha ganhou reforço devido ao crescimento no número de casos registrados em Alagoas pela Superintendência da Criança e do Adolescente, por meio de dados dos conselhos tutelares.

Em Alagoas, foram apontados 28 possíveis casos de crianças e adolescentes envolvidos no jogo, incluindo um episódio de suicídio ocorrido em maio no bairro do Benedito Bentes que ainda está sendo investigado pela Polícia Civil. Em apenas dois meses, foram 12 casos na capital e 16 no interior.

Com o intuito de difundir informações sobre os perigos do jogo mortal, a Seprev pretende alertar pais, alunos, professores e demais profissionais ligados à rede de proteção à criança e ao adolescente, sobre os perigos do jogo.

“A meta é estabelecer ações de prevenção do suicídio por meio de uma rede de divulgação sobre o uso seguro da internet, com dicas de segurança, além de identificar mudanças de comportamentos dos jovens”, esclarece Valdomiro Pontes, gerente da Política da Criança e do Adolescente da Seprev.

Técnicos da Superintendência da Criança e do Adolescente da Seprev estão ampliando o número de palestras educativas em escolas públicas e particulares. A iniciativa contempla também a capacitação de conselheiros tutelares, que fazem os encaminhamentos dos casos.

As escolas e demais instituições interessadas nas palestras realizadas pela Seprev, pode entrar em contato pelo telefone (82) 3221-2471.

Agência Alagoas

Descrição do autor

Juliana Amaral

Ainda não há comentários.

Participe da conversa