Alagoas receberá R$ 1 mi para fortalecer segurança alimentar e nutricional no Estado

Os esforços do Governo do Estado para fortalecer a segurança alimentar e nutricional em Alagoas contará com o apoio do governo federal. Em reunião entre membros do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), ocorrida na quinta-feira (6), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), anunciou repasse de R$ 1 milhão para ampliação das políticas de segurança alimentar.

De acordo com o superintendente de Segurança Alimentar, Antonino Cardozo, o valor destinado ao Estado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), servirá para fortalecer as ações previstas pelo Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan).

“Pela primeira vez, o Estado de Alagoas firmará convênio com o Sisan. Agora poderemos contribuir ainda mais para a garantia do direito à alimentação adequada dos alagoanos, realizando investimentos para a promoção da alimentação saudável e a redução da insegurança alimentar da população”, explicou Antonino Cardozo.

Na avaliação do secretário titular da pasta, Fernando Pereira, esse recurso fortalecerá as ações já realizadas pelo governo do Estado, que tem ampliado o acesso a alimentos de qualidade, fundamental para o desenvolvimento de uma comunidade.

“O Governo do Estado já tem debatido metas para o aperfeiçoamento as ações previstas no Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. Agora, com esse recurso, nossas ações poderão ser executadas com mais agilidade, em todos os municípios”, disse o secretário.

Para que o montante seja utilizado, o Consea montou uma comissão responsável por elaborar o Plano de Trabalho, que deverá conter informações sobre a estimativa de valores e um cronograma de ações. A proposta deverá ser inserida no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv) até o dia 14 de agosto.

Os recursos oriundos do órgão federal serão utilizados para a compra de equipamentos, como computadores, móveis e veículos para atender a conselhos e câmaras técnicas.

A comissão foi formada por integrantes da Superintendência de Segurança Alimentar e Nutricional da Seades, Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal), Instituto Terra Viva e pela Central Estadual das Associações de Agricultores Familiares (Ceapa). A expectativa é de que o resultado seja divulgado até o dia 18 de agosto.

Conseas

O Conseas é um órgão de articulação entre o governo e a sociedade civil na formulação de políticas para garantir ao povo alagoano o direito à alimentação adequada. Por meio dele é possível ampliar as discussões, com deliberações sobre as políticas sociais e de desenvolvimento que assegurem o direito humano à alimentação adequada.

Agencia Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa