Novos projetos são abordados no Fórum da Cadeia Produtiva do Leite

Em sua 6ª reunião ordinária, realizada no auditório da Federação da Agricultura (Faeal), nesta quinta, representantes do Fórum da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados discutiram a minuta de um novo projeto e, ainda, um programa de incentivo ao consumo do leite. O secretário da Agricultura de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, presidiu o encontro.

Na pauta, foi apresentada uma minuta do projeto para formalização de queijarias de pequenos portes, de autoria do deputado estadual Gilvan Barros Filho. Também foi discutido o programa “Beba mais Leite”, que trata de uma campanha de incentivo ao consumo do leite entre crianças, jovens, adultos e idosos em Alagoas.

Durante o encontro, os representantes das instituições que compõem o fórum fizeram a apreciação que criou a Câmara Temática do Leite, cuja primeira reunião ficou definida para o próximo dia 16 de janeiro, onde será votado o projeto de lei que trata da formalização das queijarias de pequenos portes.

De acordo com Vasconcelos, a reunião do fórum foi propositiva e discutiu temas relevantes para a cadeira produtiva do leite em Alagoas.

“A criação da Câmara Temática do Leite tem um grande significado e será bem representada por seus membros, e seu papel é aprimorar a minuta do projeto de leite, dada a sua urgência e importância do tema”, assegura o secretário da Agricultura.

Duas apresentações também constaram na reunião do fórum. A primeira, sobre a campanha que será deflagrada em Alagoas para incentivar o consumo de leite entre a população, feita pela produtora de Minas Gerais Maria Tereza Rezende, e a segunda, do técnico da Adeal André Sandes, sobre o diagnóstico das queijarias de Alagoas, antes e depois das melhorias estruturais feitas pelo segmento.

Integram o Fórum do Leite e Derivados, Ministério da Agricultura (Mapa), Vigilância Sanitária, Seagri, Adeal, Ufal, Ifal, Faeal, Sileal, Senai, Sebrae, Emater, Banco do Nordeste, Sefaz, Embrapa, entre outros.


Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa