Regulamentação dos serviços de gás natural é discutida em Alagoas

Para discutir as novas perspectivas da indústria de gás natural em Alagoas e assegurar um ambiente de negócios atrativo para futuros investidores, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, recebeu, nesta segunda-feira (23), representantes da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Natural (Abegás).

A expectativa do setor é de que as regulações da indústria nacional passem por uma revisão e voltem a atrair o interesse do mercado. Em Alagoas, o processo deverá ser iniciado com uma proposição de minuta, elaborada a partir da adequação à realidade do Estado dos processos regulatórios que já foram iniciados no país, a exemplo de São Paulo.

“A regulamentação é uma necessidade de mercado para que haja garantia de segurança jurídica para os futuros investidores. Nós vamos trabalhar para tornar a questão viável”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

O mercado de gás natural no Brasil tem apresentado expressivo crescimento. Atualmente, Alagoas, o Distrito Federal e mais 22 estados possuem distribuidoras, totalizando 27 empresas constituídas que dispõem da concessão de exploração dos serviços de distribuição e comercialização de gás canalizado.


Ascom Sedetur

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa