Unidade hoteleira vai se instalar à beira-mar da Praia de Riacho Doce

Alagoas vai ganhar mais uma unidade hoteleira. Desta vez, com um diferencial: o hotel Riacho Doce Residence, que possui como principal característica a opção de ser um meio residencial, com todo conforto de um hotel. A unidade começa a ser construída em janeiro de 2015 à beira-mar da praia de Riacho Doce, com acesso direto pela Rodovia AL-101 Norte.

Um dos investidores, Joaquim Santana, afirmou que está com grandes expectativas para o empreendimento e acredita no potencial que o hotel oferece. “Já construí hotéis num momento passado e desde sempre tive vontade de construir um com outro conceito. Surgida a oportunidade, decidi inovar oferecendo aos moradores um serviço de qualidade que geralmente é encontrado em grandes meios de hospedagem”, diz.

Serão 303 apartamentos, e destes, 140 serão destinados para o pool – sistema no qual o proprietário pode morar ou repassar a administração para o hotel, com participação nos lucros. O tamanho dos apartamentos varia entre 42 e 68 m², e a quantidade de quartos muda de acordo com o tamanho do apartamento, podendo ter até duas suítes, como acontece com os lofts (duplex).

A entrega está prevista para 2018, e durante esse período pretende gerar cerca de 150 empregos, dando prioridade para a mão-de-obra local. Após a inauguração, a estimativa é de geração de 110 novos empregos diretos para a população alagoana.

Marcos Pradines, superintendente de Investimentos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), enfatiza a atividade como um gerador de renda para o Estado. “Mais um empreendimento que apresenta a política de captação de investimentos que gera renda para o setor do turismo, através da confiança dos investidores no Governo de Alagoas”, afirma.

De acordo com o gerente da administradora Mabu – que será responsável pelo empreendimento após sua conclusão –, Juliano Macedo, os números crescentes do turismo em Alagoas atraem novos investidores. “O trabalho desenvolvido pelo trade, que está em constante busca de atrativos turísticos, desperta interesse nos investidores e nas administradoras, pois a empresa reconhece que tem o apoio de instituições e principalmente do Governo de Alagoas”, disse.

Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa