Zona rural de Limoeiro de Anadia será contemplada com 2 mil cisternas

Zona rural de Limoeiro de Anadia será contemplada com 2 mil cisternas

O município de Limoeiro de Anadia será contemplado com cerca de 2.400 cisternas para o armazenamento de água, dentro das ações do Programa Água para Todos. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (31), durante reunião do prefeito Marlan Ferreira (PP) com representantes da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e do deputado federal Givaldo Carimbão, na sede da Prefeitura.

A implantação do projeto em Limoeiro de Anadia é fruto de reivindicações do prefeito Marlan Ferreira e do secretário municipal de Agricultura, Marcelo Rodrigues, que sempre estiveram atentos ao sofrimento de boa parte da população rural, que há décadas sofre com a estiagem.

O projeto Água para Todos consiste na instalação de cisternas em propriedades rurais, cujos moradores não têm condições de comprar ou armazenar água em condições adequadas. De acordo com o deputado Givaldo Carimbão, o programa tem cunho social e é direcionado às famílias de baixa renda. “O Água para Todos deveria ser chamado de Água Para Todos os Pobres, pois o seu objetivo é levar água para os mais necessitados”, frisou o parlamentar.

Cada cisterna possui capacidade de armazenar 16 mil litros. O sistema capta água das chuvas que escorrem dos telhados e conduzem até o reservatório. Uma família de cinco pessoas, por exemplo, terá autonomia de água por até 6 meses. O material da cisterna é o polietileno e tem vida útil mínima de 30 anos. A peça é monolítica, ou seja, sem emendas, e a tampa possui fechamento com travas, diminuindo a possibilidade de contaminação da água. A instalação do sistema é rápida, durando pouco mais de 3 horas, tempo bem inferior ao das antigas cisternas construídas em alvenaria.

Para ser contemplado com o Programa Água para Todos, as famílias têm que estar enquadradas nos seguintes itens: estar inscrito no CadÚnico; ter renda per capta de até R$ 140, não ter sido atendido por outro programa da mesma finalidade; morar na zona rural; ter residência coberta com telhado de barro; e no caso de aposentados, é necessário sobreviver exclusivamente da renda previdenciária, mesmo que a renda per capta supere o valor de R$ 140.

Próximos passos – Com a adesão oficializada ao Programa Água para Todos, o Município agora deverá iniciar todo o planejamento para que o projeto seja iniciado na prática. Na próxima segunda-feira (7), a partir das 9 horas da manhã, no ginásio de esportes, será realizada a criação dos Comitês Gestores que, através do respaldo popular, irão representar o município diante da Codevasf e outros órgãos.

Os comitês serão formados por representantes da sociedade civil como igrejas, sindicatos rurais, agentes de saúde e um representante do Executivo.

Após a criação dos Comitês será iniciada a identificação das comunidades e famílias que se enquadram no projeto, para depois serem criadas as Comissões Comunitárias. Num outro momento haverá o cadastramento das famílias, capacitação das famílias sobre a instalação e gestão da água para, finalmente, ser iniciada a instalação das cisternas.

“A cisterna é a tecnologia mais rápida para atender, de forma emergencial, a população. Mas o nosso o nosso objetivo é expandir o programa aqui em Limoeiro, realizando outras ações, a exemplo de construção de barreiros”, garantiu Eduardo Mota, coordenador do Programa Água Para Todos em Alagoas.

Em Limoeiro de Anadia, a Codevasf irá investir cerca de R$ 15 milhões. A quantidade de cisternas estimada em 2.415 deverá ser ampliada, de acordo com a demanda.

“Estou satisfeito com esta parceria, pois finalmente teremos a oportunidade de amenizar o sofrimento de nosso povo, que terá acesso à água com mais qualidade. As cisternas deverão refletir diretamente na saúde das pessoas”, finalizou o prefeito Marlan Ferreira.

Assessoria

Author Description

Bccom Comunicação

Sem Comentários ainda.

Participe do debate