Jó Pereira defende que transparência deve ser prioridade do Poder Público

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2020/05/Jó.jpgJó Pereira defende que transparência deve ser prioridade do Poder Público

Durante a sessão desta quinta-feira (7), da Assembleia Legislativa, a deputada Jó Pereira (MDB/AL) ressaltou a importância de que o governo do Estado traga o que classificou de “verdades completas” para que as pessoas possam se informar corretamente, principalmente durante a pandemia. Ela também voltou a frisar que saúde e a busca imediata por soluções para a retomada da economia, pós-pandemia, devem ser os focos nesse momento.

Compartilhando a preocupação de outros parlamentares, a exemplo de Davi Maia e Cabo Bebeto, com o aumento constante dos gastos com comunicação e publicidade pelo Poder Executivo, Jó disse que é necessário detalhar e analisar essas despesas e reforçou a necessidade de priorizar a saúde.

Regulação

Sobre a fala do deputado Léo Loureiro (PP/AL) em relação ao aumento da ocupação dos leitos, na rede privada, para pacientes com coronavírus (covid-19), a deputada pontuou que o gargalo da iniciativa privada é a regulação.

Ela reforçou que, desde seu primeiro mandato como deputada estadual, vem cobrando da  Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) a implantação da regulação de leitos em Alagoas: “Isso é muito importante, um dos gargalos que poderia ter sido resolvido, se a emenda destinando 1% dos recursos do Orçamento do Estado – mais de R$ 100 milhões – para a saúde tivesse sido executada nos anos anteriores. Se tivesse havido essa execução, estaríamos em uma situação diferente hoje”.

“Ontem o Consems (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas) lançou nota sobre a regulação dos leitos, dizendo que, devido a questões operacionais, nem sempre a totalidade deles está sendo liberada para internação… Alguns leitos à disposição para a covid-19 não estão sendo disponibilizados, quando necessário, devido a desfalques nas equipes de saúde. É importante que a Sesau e os hospitais esclareçam as questões que inviabilizam a disponibilização desses leitos, até porque eles estão sendo pagos; informem quantos estão de fato em atividades e a perspectiva de quando os inativos estarão disponíveis”, explicou a parlamentar.

Jó Pereira ainda voltou a alertar acerca dos recursos do Fecoep (Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza), que precisam atender a totalidade dos alagoanos na extrema pobreza. “É importante voltar a bater nesse ponto… Há anos cobramos planejamento e foco para utilização dos recursos desse Fundo, que vem tendo sobra financeira de ano para ano… É necessário que essa sobra faça frente para atender essa população e também na fase da reativação econômica pós-pandemia”.

Fonte: Ascom deputada

Author Description

Maria Taina

Sem Comentários ainda.

Participe do debate