CPLA apresenta programa do leite ao novo secretário de Gabinete Civil do Governo do Estado

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2019/01/REUNIAO-CPLA-SEC-GAB-CIVIL.jpgCPLA apresenta programa do leite ao novo secretário de Gabinete Civil do Governo do Estado

O presidente da Cooperativa da Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, acompanhado por demais representantes da diretoria e do conselho da entidade, participou, na tarde desta quinta-feira, 03, de uma reunião com o novo secretário do Gabinete Civil do Governo do Estado, Felipe Cordeiro.

No encontro, realizado no Palácio República dos Palmares, além de uma visita de cortesia para apresentar ao secretário o trabalho desenvolvido pela CPLA junto aos agricultores familiares, também foi feita uma explanação sobre o Programa do Leite e sua importância para o Estado de Alagoas.

“Conhecemos o trabalho da CPLA e nos comprometemos em ajudar no que estiver ao nosso alcance. É uma cooperativa que promove um trabalho de destaque no Estado junto às famílias mais carentes. Também nos foi apresentado com detalhes o Programa do Leite que tem um papel importante em Alagoas, lembrando que o governo estadual se dedicou a manter esta ação cobrindo o que a União deixou de fazer com o propósito de não deixar o programa se extinguir”, afirmou o secretário.

O presidente da cooperativa ressaltou a importância deste primeiro contato com o secretário, afirmando que a reunião teve um saldo positivo. “A CPLA veio até o gestor da pasta para explicar como funciona o Programa do Leite e todo o processo de pagamento, sensibilizando o secretário sobre a importância desta ação para o pequeno agricultor familiar”, destacou.

Segundo Monteiro, o Programa do Leite é a maior ação social realizada no Estado, beneficiando mais de 80 mil famílias que recebem o leite que é fornecido por mais de três mil agricultores familiares. “O programa escoa a produção de Alagoas. Estamos passando por uma crise terrível. O preço do leite no Sertão está abaixo de R$ 0,80. Mas, o Programa do Leite mostra a sua função pagando a R$ 1,28, dando a devida sustentabilidade para a atividade leiteira em Alagoas”, finalizou.

Bccom Comunicação

Author Description

Redação

Sem Comentários ainda.

Participe do debate