Escolas técnicas agrícolas recebem recurso de R$ 30 milhões

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/10/aaa9a3eb90da4585a9d9d8e7b9c7a9c1_200x200.jpgEscolas técnicas agrícolas recebem recurso de R$ 30 milhões

As escolas técnicas agrícolas do Rio Grande do Sul terão R$ 30 milhões de orçamento para aplicação em melhorias e investimentos em educação. O recurso vem de aprovação da bancada gaúcha no Congresso Nacional e foi anunciado nesta terça-feira, 30 de outubro, durante encontro de dirigentes do ensino agrícola do Estado em Brasília (DF), com representantes do Estado na Câmara Federal e no Senado. O Rio Grande do Sul conta atualmente com 26 escolas técnicas agrícolas estaduais.

O superintendente da Educação Profissional (Suepro), Mauro Rosso, destaca que estes recursos devem ser utilizados na melhoria de infraestrutura das escolas técnicas agrícolas. Lembra também da atuação dos parlamentares, em especial do líder da bancada gaúcha, Giovani Cherini (PR-RS). “Agradecemos ao nosso coordenador da bancada gaúcha e a todos os nossos deputados e senadores. Nestes dois dias em que visitamos os seus gabinetes nos rendeu este empenho para que pudéssemos conquistar estes recursos para as escolas agrícolas”, observa.

Para o presidente da Associação Gaúcha de Professores Técnicos de Ensino Agrícola (Agptea), Fritz Roloff, que também é presidente da Federação Nacional do Ensino Agrícola (Fenea), este é um momento importante para o ensino agrícola gaúcho, que poderá qualificar cada vez mais o trabalho dos professores e diretores. “É um marco no ensino agrícola que conseguimos com esforço e apoio da maioria dos deputados e senadores em uma batalha travada por recursos que agora foi contemplada. O coordenador da bancada teve um papel fundamental para que isso acontecesse. Temos certeza que muita coisa vai mudar em termos de infraestrutura nas escolas”, salienta.

Além de Rosso e Roloff, estiveram também na mobilização os representantes do Conselho de Diretores das Escolas Agrícolas Estaduais, Luiz Carlos Cossmam, presidente do Conselho e diretor da Escola Agrícola Celeste Gobbato, de Palmeira das Missões (RS), e Celito Luiz Lorenzi, vice-presidente da Agptea, diretor da Escola Agrícola EEPROCAR, de Carazinho (RS).

Agrolink

Author Description

Ana Luiza

Sem Comentários ainda.

Participe do debate