Insetos ameaçam produção em climas quentes

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/09/e06054069ae44f6d8d21228089dea8e1_200x200.jpgInsetos ameaçam produção em climas quentes

Pesquisadores descobriram que à medida que o clima continua a aquecer, agricultores de todo o mundo podem sofrer perdas de colheitas substancialmente maiores devido ao crescimento de populações de pragas de insetos vorazes, particularmente em regiões temperadas, onde a maior parte dos grãos do mundo é cultivada. O novo estudo procura avaliar a conjuntura temperatura x insetos para estimar as perdas que eles podem causar.

De acordo com Markus Riegler, um dos autores da pesquisa, estudos desse tipo, avaliando esses prejuízos em escala global, quase nunca são produzidos, sendo que os pesquisadores sempre costumam focar em publicações que avaliem determinada situação em escala local. “Raramente foi feita uma tentativa de ligar as respostas à temperatura das pragas de insetos e ao dano que elas causam em um contexto de aquecimento mais amplo, e nunca em escala global”, comenta.

Pesquisas anteriores mostraram que a taxa metabólica de um inseto, incluindo o consumo de alimentos e o crescimento populacional aumentam com a temperatura. No entanto, embora o aumento das temperaturas provavelmente reduza o rendimento geral das colheitas, as avaliações dos efeitos agrícolas da mudança climática raramente abordam as perdas de safra devido a insetos.

Segundo os resultados da pesquisa, as perdas de rendimento global para as principais culturas avaliadas vai aumentar de 10% a 25% para cada grau de aquecimento global da superfície, produzindo as perdas mais significativas em muitas das áreas agrícolas mais produtivos do mundo, tais como os Estados Unidos, França e China. Assim, os cientistas alertam para a necessidade de os agricultores se prepararem para a crescente pressão dos insetos, o que pode implicar um aumento no uso de pesticidas.

Agrolink

Author Description

Ana Luiza

Sem Comentários ainda.

Participe do debate