Asplana busca liberar crédito para recuperação de canavial

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/08/IMG_1301.jpgAsplana busca liberar crédito para recuperação de canavial

O presidente da Asplana participou esta semana de uma reunião com o superintendente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em Alagoas, Pedro Ermírio. Na pauta do encontro, realizado na sede da entidade de classe, a união de força para tentar resolver a problemática das dívidas rurais e a disponibilidade de novas linhas de crédito para a recuperação do canavial.

“Estamos priorizando os pequenos agricultores do Estado com ações que foram desde a criação da câmara setorial, a liberação de insumos e tratadores doados pelo governo. Foram ações que visaram a recuperação do nosso canavial que está envelhecido. A quebra das nossas safras foi abrupta nos últimos anos. Saímos de 25 milhões de toneladas de cana processadas para 13 milhões na moagem passada. Essa parceria com o BNB busca a recuperação de crédito para que o pequeno volte a investir no canavial e a produção volte a ser retomada”, afirmou Edgar.

A reunião, que contou com a participação de demais diretores da Asplana, o superintendente alertou que há fornecedores de cana que têm direito ao benefício da renegociação das dívidas de acordo com as normas técnica da nova legislação que estará em vigor até o fim deste ano de 2018.

“Temos mais de 25 mil agricultores familiares que estão enquadrados nesta lei com descontos que podem chegar até 95% do valor. O esforço do BNB e da Asplana não é de apenas tornar estes fornecedores adimplentes novamente, é conseguir colocar financiamento rural no campo para aumentar a safra de cana de Alagoas”, afirmou o superintendente do banco, lembrando que a legislação atende aos agricultores com operações rurais contratadas até 2011.


Bccom Assessoria

Author Description

Redação

Sem Comentários ainda.

Participe do debate