CPLA cria Associação que auxilia a renda das mulheres do campo

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/08/doce.jpgCPLA cria Associação que auxilia a renda das mulheres do campo

A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) fundou a “Associação de Mulheres da CPLA” com foco no desenvolvimento de atividades que possam complementar a renda entre mulheres do campo e esposas de produtores da cooperativa. O grupo conta com dez integrantes, de diferentes municípios, comprometidas com a produção artesanal de doces, bolos e sabão.

Por meio da entidade, a cooperativa vai incentivar o grupo com a oferta de cursos, capacitação em gestão financeira e fomento aos pequenos negócios. A entidade será integrada ao estatuto da cooperativa, conforme explica Aldemar Monteiro, presidente da cooperativa.

“O grupo terá autonomia para participar ativamente das decisões da cooperativa e da fábrica da CPLA. Esse modelo de união e cooperação também para os familiares dos produdotres vem dando certo entre as cooperativas no sudeste e estamos apostando para equilibrar a atividade em nosso quadro”, explicou.

O primeiro passo foi dado com a capacitação em produção de bolos caseiros e confeitados ofertado pela cooperativa, gratuitamente, na última sexta-feira,3 de agosto. Antes da Associação, o grupo já lidava com a produção de doces artesanais vendidos na feira livre de Jacaré dos Homens.

“É uma oportunidade para ajudarmos a família na parte financeira e ainda ter crescimento tanto na produção do leite quanto na fabricação caseira. Nosso desejo é integrar esses produtos aos que serão produzidos na fábrica da CPLA”, disse Quitéria Andrade, presidente da Associação.

Conquista

Após a formalização, as mulheres da CPLA conseguiram participar da licitação de Jacaré dos Homens e foram selecionadas para produzir bolos caseiros para o cardápio escolar. A associação já fará seu primeiro investimento em equipamentos de cozinha industrial para atender à nova demanda.

O grupo também mira a produção de sabão artesanal, mas só iniciará a produção após uma qualificação que será realizada em setembro. “A expectativa é que tenhamos um aumento de 30% em nossas rendas já nesse primeiro mês”, disse a produtora Quitéria.


Ascom BCCOM

Author Description

Fernanda Feliciano

Sem Comentários ainda.

Participe do debate