Sem intervenção: Podemos superar crise em Alagoas

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/08/36507_ext_arquivo.jpgSem intervenção: Podemos superar crise em Alagoas

A “ameaça” de intervenção do diretório nacional do Podemos na direção estadual do partido em Alagoas ficou só na ameaça. O advogado Omar Coelho, segundo alguns veículos de comunicação, teria assumido a presidência do partido no lugar de Álvaro Vasconcelos.

A intervenção não se confirmou. O próprio Omar revelou a alguns interlocutores que a crise foi superada e Álvaro Vasconcelos segue no comando do partido.

A informação sobre a intervenção circulou após nota assinada pelo 1o secretário da executiva nacional do Podemos, Gustavo Castro e seria decorrente da coligação do partido com a chapa majoritária do MDB em Alagoas.

O Podemos segue coligado com o MDB na chapa de deputado federal Avança Mais Alagoas e na chapa de estadual, denominada “Avança Alagoas”, foi formalizada coligação com PDT, AVANTE e PMN.

Na majoritária, o Podemos está coligado com a chapa de Renan Filho (MDB), mas existem dúvidas se será mantido o nome do empresário Rafael Tenório como 1o suplente de Renan Calheiros (MDB), que é candidato ao Senado.

Em nota, o Podemos Alagoas negou a intervenção.

Nota Oficial

O Presidente Estadual do Podemos de Alagoas, Álvaro Vasconcelos, diante da notícia veiculada em diversos órgãos de comunicação da Capital, sobre o seu suposto afastamento da Presidência do Partido, vem a público comunicar que procurou a presidente do Partido, Deputada Renata Abreu, e o Secretário-geral, Adriano Stefanni, e foi comunicado de que não há qualquer pedido de intervenção na Executiva Nacional sobre o Diretório Estadual, no tocante às coligações firmadas na Convenção do Partido.

O Partido continua trabalhando para viabilizar as suas candidaturas, que concorrerão no pleito de outubro próximo.

Maceió, 07 de agosto de 2018.

Álvaro Vasconcelos

Presidente

Jornal de Alagoas

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate