Brasil deve se manter como 2º maior mercado para a Basf

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/08/agricola.jpgBrasil deve se manter como 2º maior mercado para a Basf

O Brasil deve se manter pelo menos como o segundo maior mercado local para a Basf, com a integração dos ativos da Bayer, cuja negociação foi concluída na quarta-feira (1/8). Historicamente, o Brasil disputa a liderança nos resultados da multinacional com os Estados Unidos.

“Deve ser mais o segundo do que o primeiro, em função do aporte que esse negócio tem para lá (Estados Unidos). Mas continuamos o segundo mais relevante e isso é importante na tomada de decisões. É importante a voz do Brasil na área de sementes. Já era nos defensivos”, afirmou o vice-presidente da Divisão de Soluções para a Agricultura na América Latina, Eduardo Leduc, em entrevista coletiva, em São Paulo (SP).

A aquisição dos ativos da Bayer foi negociada em função das exigências de autoridades de defesa da concorrência para a compra da Monsanto por parte da concorrente. O negócio foi estimado em 7,6 bilhões de euros. Inclui todo o catálogo com sistemas produtivos ligados ao princípio ativo glufosinato de amônia.

Notícias Agricolas

Author Description

Ana Luiza

Sem Comentários ainda.

Participe do debate