Segundo Renan Calheiros, candidatura de Meirelles será tiro no pé

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/08/renan-calheiros.jpgSegundo Renan Calheiros, candidatura de Meirelles será tiro no pé

Uma ala do MDB, comandada pelo senador Renan Calheiros (AL), tentará impedir que a cúpula do partido confirme a candidatura à Presidência do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, na convenção desta quinta-feira (2).

Em entrevista ao jornal “O Globo”, Renan classificou a candidatura de “ridícula” e que “será um tiro no pé”.

“Nós vamos trabalhar para que o MDB, por meio de seus convencionais e bancadas, não homologue essa candidatura. Do ponto de vista do partido, é ridícula. Não chega a 1% dos votos. Estreita a concepção programática do MDB, porque carrega compromisso com um segmento dominador da economia com o sistema financeiro. Vamos, democraticamente, defender que o MDB, já que não tem candidato que possa ser considerado como tal pela inexpressividade, oficialize a não-candidatura, refazendo o que fizemos em 2006”, declarou.

De acordo com o jornal, a resistência contra Meirelles é maior sobretudo entre os convencionais do Nordeste, onde o governo de Michel Temer amarga os piores índices de desaprovação.

“Não sabemos o que vai acontecer como resultado da convenção, mas considero que é legítimo que eu e aqueles que pensem igual a mim, que estejam convencidos de que essa candidatura será um sobrepeso na campanha eleitoral, defendam o direito do MDB não oficializá-la”, disse Renan.

Notícias ao minuto

Author Description

Ana Luiza

Sem Comentários ainda.

Participe do debate