“O voto de cabresto está acabado, quem vai eleger é o povo”, afirma João Caldas

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/07/joão-caldas.jpg“O voto de cabresto está acabado, quem vai eleger é o povo”, afirma João Caldas

Atualmente João Caldas é pré-candidato ao Senado pelo PSC, porém na última quinta-feira (26), seu nome foi sugerido pelo prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, para disputar o governo do estado. Segundo o jornalista Edivaldo Junior, o próprio João Caldas admite que disputará o governo. “Estamos conversando. Temos vários nomes e vamos nos preparar para apresentar uma alternativa de poder e um projeto de desenvolvimento para Alagoas”.

Caldas acredita que o favoritismo do governador Renan Filho (MDB), pré-candidato à reeleição, não reflete a realidade das ruas e analisa que o governador lidera em uma parcela que já se decidiu, e as pesquisas não mostram 60% do eleitorado que ainda não decidiu em quem votar.

“O eleitor está cada vez mais independente. Antigamente chegava um cidadão dizendo que tinha oito, dez votos na casa dele. Hoje, ele não tem o voto nem da mulher, nem do filho. As pessoas estão informadas e revoltadas e vão votar com sua própria consciência. O voto de cabresto está acabado. Quem quiser que pense que prefeito e vereador vai eleger deputado, senador ou governador. Quem vai eleger é o povo”, afirma João Caldas.

Ele acredita que os partidos fora do governo podem unir-se em uma chapa, formando um palanque coletivo. “Hoje, além do Renan Filho temos mais dois candidatos, o Basile do PSOL e o Josan do PSL. Teremos um quarto nome no grupo de oposição. Com quatro candidatos pelo menos, tudo indica que teremos segundo turno. Não tem essa história de ganhar por WO. Vai ter disputa”, avisa.


Redação

Author Description

Redação

Sem Comentários ainda.

Participe do debate