Conheça Alcides Gusmão, o novo presidente do TJ/AL

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/07/a1d0b9604c227b9eb0effbedb1e34689.jpgConheça Alcides Gusmão, o novo presidente do TJ/AL

Alcides Gusmão da Silva, 64 anos, natural de Maragogi – Alagoas. É desembargador do Tribunal do Estado de Alagoas, mediante promoção por merecimento, desde 26 de dezembro de 2009. E eleito para compor a cúpula do Judiciário estadual no biênio de 2019-2020.

Formado em direito pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL, na turma de 1973-1977, especializou-se em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Instituto de Direito Público e Ciência Política, em 1979. Cursou vinte e quatro cursos de aperfeiçoamente e atualização para magistrados, além de prestar uma segunda graduação de 2001 à 2006, no curso de Psicologia pela UFAL.

Foi docente das disciplinas de Direito Comercial, Direito Administrativo e da Pós-Graduação em Gestão de Psicologia Jurídica, na disciplina Prática Supervisionada em Psicologia Jurídica.

Chegou ao cargo de advogado e chefe do Departamento Jurídico da Companhia Energética de Alagoas (CEAL) e membro dos Conselhos Consultivos da Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL) e da Companhia de Habitação de Alagoas (COHAB), nos anos de 1984 à 1986.

Credenciado para prestar AssistÊncia Judiciária perante a Procuradoria Geral do Estado – Procuradoria de Assistência Judiciária, exercendo atividades na Comarca de Paulo Jacinto, no período de 13 de agosto de 1982 à 06 de fevereiro de 1986. Coordenador da “Equipe de Trabalho para a Implantação do Processo Virtual no 2ª Grau do Poder Judiciário de Alagoas”, de acordo com a portaria nº 1+541, de 21 de agosto de 2012.

Tornou-se Superitendente do Foro da Capital, em 2002. E em 2010, presidente da Comissão para Promover Estudos e Apresentar Sugestões Visando à Implantação das Determinações Contidas no Provimento n] 7 do Conselho Nacional de Justiça, que define medidas de aprimoramento relacionadas ao Sistema dos Juizados Especiais.

Membro da comissão para realização de concurso público para Provimento de Cargos de Pessoal Permanente do 1º Grau do Poder Judiciário do Estado de Alagoas, de fevereiro de 2017 à janeiro de 2018.

Coordenador geral do Núcleo Permanente de Métdos Consensuais de solução de conflitos – NJUS-AL e do Centro Judiário de Solução de Conflitos e Cidadania – CJUS 2º Grau.

Integrante da Magistratura do Estado de Alagoas, atuando nas Comarcas de Traipu; Quebrangulo; Maribondo; na 3ª Vara da Comarca de Palmeira dos Índios; 3ª Vara da Comarca da Capital; e na 32ª Vara da Comarca da Capital, denominada posteriormente 20ª Vara Cível da Capital/Sucessões.

Foi eleito pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas, por aclamação, integrante da cúpula do Judiciário estadual para o biênio 2019-2020, em sessão administrativa nesta terça-feira (17). O desembargador Alcides Gusmão da Silva foi escolhido para ocupar a Presidência, Fernando Tourinho de Omena Souza será o corregedor-geral da Justiça, e Elisabeth Carvalho Nascimento será a vice-presidnete. Os desembargadores Washington Luiz Damasceno Freitas e Celyrio Adamastor Tenório Accioly foram eleitos para compor o Conselho Estadual da Magistratura.

A desembargadora Elisabeth Carvalho, atualmente integrante da 2ª Câmara Cível, já foi presidente do TJAL entre 2009 e 2010, e vice-presidente no biênio 2005-2006. “Espero agora já com a experiência de ter passado pelo cargo, corresponder às expectativas dos servidores, dos colegas, e da sociedade, principalmente”.

No momento integrante da 1ª Câmara Cível e diretor da Escola Superior da Magistratura (Esmal), o desembargador Fernando Tourinho ressaltou o peso do cargo de corregedor. “É uma responsabilidade muito grande e a gente a partir de hoje já começa a pensar no que pode melhorar nos serviços que prestamos. A Corregedoria precisará muito da Associação dos Magistrados de Alagoas (Almagis), bem como de todos os servidores”, disse.

Atual presidente do TJAL, Otávio Leão Praxedes, teceu elogios aos próximos gestores. “Gostaria de dizer da minha satisfação em ter conduzido o processo de sucessão sem obstáculos, e frisar que todos são colegas honrados e merecedores. As portas da Presidência estão abertas ao senhores”.

O juiz Ney Alcântara, presidente da Almagis, também congratulou a futura cúpula. “Que tenham uma gestão de excelência. Nós da Associação estaremos sempre à disposição dos senhores, no que for necessário”.


Redação

Author Description

Ana Luiza

Sem Comentários ainda.

Participe do debate