Em Alagoas conta de água sobe o dobro da inflação

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/06/agua-1.jpgEm Alagoas conta de água sobe o dobro da inflação

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) acaba de autorizar um novo aumento da tarifa de água, que incide em igual proporção no valor da tarifa de saneamento (esgoto) da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

O reajuste de 5,88% foi aprovado no final de maio e vai vigorar a partir de 1º de julho. Embora seja o menor dos últimos quatro anos, o aumento é o dobro da inflação, o IPCA de 2017, que foi de 2,94%.

De acordo com a Arsal, o reajuste levou em conta estudo realizado pela Casala e encaminhado à agência, que apontou elevação de custos operacionais e de investimentos nos últimos 12 meses.

A justificativa está em texto da Agência Alagoas: “Um dos insumos mais utilizados pela Casal e que mais sofreu reajuste foi a energia elétrica, que teve aumento de aproximadamente 25% de 2017 até agora. Os produtos químicos utilizados no tratamento da água, por sua vez, tiveram aumento médio de 7,92%”.

Na atual gestão, iniciada em 2015, a Casal tem conseguindo aumentar a tarifa de água sempre acima da inflação. No primeiro ano da atual gestão da companhia, que é presidida pelo engenheiro Clécio Falcão, o aumento foi de 15,27% e o IPCA foi de 6,4% em 2014. No ano seguinte, 2016, o aumento chegou a 16,5%, enquanto a inflação do ano anterior foi de 10,67%. No ano passado, a tarifa teve um reajuste de 9,76%, enquanto a inflação de 2016 ficou em 6,28%.

De 2015 a 2018 as tarifas da Casal somaram aumentos de 47,41%. No período de 2014 a 2017 a inflação somou correção 26,29%.

O reajuste de tarifas da Casal vale para toda a área atendida pela companhia, que hoje presta serviços em 77 cidades, incluindo Maceió e Arapiraca.

Investimentos

Os aumentos ou recomposição tarifária, como prefere definir o presidente da Casal, ajudaram a recuperar a empresa que ampliou sua capacidade de investimentos. No final de abril, a Companhia de Saneamento de Alagoas apresentou um superavit de R$ 7,5 milhões em 2017, conforme consta em seu balanço financeiro publicado nesta sexta-feira (27). Foi o segundo ano seguido em que a empresa estatal teve saldo positivo em suas contas. Em 2016, o superavit alcançado também foi de R$ 7,5 milhões.

De acordo com a diretoria da Casal, apesar de parecer pequeno, o valor é bastante representativo para a Companhia, que durante décadas vinha dando deficit. Em 2014, o saldo negativo foi de R$ 53 milhões. Já em 2015 – primeiro ano da atual gestão – o deficit foi reduzido para R$ 23 milhões.

“A partir de 2016, mudamos essa situação, começamos a mostrar que, de fato, a Casal é uma empresa viável e que pode dar superavit para aumentar sua capacidade de investimento em obras e serviços que melhoram a qualidade de vida dos alagoanos”, acrescentou o presidente da Companhia, Clécio Falcão.

Segundo ele, a obtenção de superavit por dois anos seguidos só foi possível devido a várias medidas de gestão adotadas na empresa, entre elas as seguintes: o reequilíbrio tarifário, tendo em vista que as tarifas cobradas estavam defasadas em relação aos custos dos serviços, ao enxugamento de todos os contratos em vigor – sem que, para isso, fosse necessário cancelar nenhum deles; a melhoria de diversos sistemas para aumentar o fornecimento de água e, consequentemente, o faturamento; a intensificação das ações de combate a fraudes no consumo de água; a negociação para receber débitos em atraso de municípios.

Clécio Falcão ressaltou que em todas as medidas há o apoio do Governo de Alagoas. “Devido a esses resultados positivos e com o objetivo de universalizar o saneamento (fornecimento de água e coleta de esgoto), o Estado, pela primeira vez, firmou uma parceria com a Companhia para investimento de R$ 100 milhões em obras e serviços em vários municípios, sendo R$ 50 milhões da Casal e R$ 50 milhões do Tesouro Estadual”, pontuou.

“Agora, a Casal tem condições de investir com recursos próprios. A empresa não visa o lucro, mas sim ter saldo positivo para melhorar seus serviços e dar mais qualidade de vida à população”, finalizou o presidente.

Jornal de Alagoas

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate