Estado inaugura Delegacias de Homicídios e de Combate ao Narcotráfico nesta segunda (14)

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2018/05/POLICIA.jpgEstado inaugura Delegacias de Homicídios e de Combate ao Narcotráfico nesta segunda (14)

Duas divisões da Polícia Civil que tem sido importantes no combate ao crime no Estado – a Delegacia de Homicídios e a de Narcotráfico – ganharão novo prédio nesta segunda-feira (14). O governador Renan Filho, o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, e o Delegado-Geral, Paulo Cerqueira, inauguram o novo Complexo de Delegacias – Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Delegacia de Narcóticos (Dnarc).

Localizado na Rua Doutor Osvaldo Cruz, na Chã de Bebedouro, o Complexo de Delegacias irá abrigar as estruturas das atuais Delegacias de Homicídios da Capital (DHC) e Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN). O novo complexo tem uma área 1.537,20 m². Foram investidos R$ 6.360.000,00 milhões de recursos do Tesouro Estadual e as obras foram iniciadas em agosto do ano passado. As obras geraram 85 empregos diretos e outros 26 indiretos.

O complexo foi desenvolvido a partir da necessidade de um trabalho especifico na apuração de informações relacionadas a crimes de homicídio e narcotráfico, e também nos procedimentos de proteção a pessoas. Com equipes direcionadas exclusivamente para trabalhar em inquéritos dos crimes em questão, concentrando todas as informações relacionadas em um banco de dados próprio, promove maior agilidade na investigação.

A Delegacia de Homicídios é específica para atuar na apuração e investigação dos inquéritos relacionados aos homicídios da Região Metropolitana. A vantagem de uma delegacia especializada em homicídios gera mais agilidade, eficiência e tecnicidade nas investigações dos inquéritos, diminuindo o numero de casos ou inquéritos pendentes garantindo celeridade nas prisões.

A Delegacia de Narcóticos tem como diferencial a atuação específica no combate a organizações criminosas de tráfico de drogas. Com equipe especializada de Inteligência, garante um trabalho mais sistemático das ações.

Como irá funcionar

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) terá dez salas para os delegados, sendo oito para as delegacias especializadas, uma sala destinada ao delegado plantonista e outra para o coordenador da Divisão.

Além disso, a estrutura conta com dez cartórios, sendo um cartório central e um plantonista; além de sala para os agentes, Núcleo de Inteligência, sala de reuniões, depósitos e duas salas para lavratura de providências.

Já o espaço onde funcionará a Delegacia de Narcóticos (Dnarc) contará com 19 salas, auditório, depósitos para materiais apreendidos e sala de reconhecimento, uma novidade em Alagoas.

O prédio ainda conta com alojamentos masculino e feminino, refeitório, salas de contenção e amplo estacionamento. Para o secretário da Segurança Pública de Alagoas, Lima Júnior, o novo complexo irá melhorar as condições de trabalho das equipes policiais promovendo integração entre o departamento de homicídios e o de narcóticos. Além disso, o novo equipamento trará melhor consistência às atividades de combate ao crime em Alagoas.

Agência Alagoas

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate