“Círculo Democrático” promete eleger até 2 deputados federais em AL

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/12/reunião-circulo-democratico-1.jpg“Círculo Democrático” promete eleger até 2 deputados federais em AL

Ante questões práticas, como a cláusula de barreiras, um grupo de cinco partidos decidiu deixar um pouco de lado a ideologia e criaram, na base do pragmatismo, o movimento batizado de “Círculo Democrático” – na verdade a base de uma coligação proporcional que pretende eleger de um a 2 deputados federais e de 6 a 8 estaduais em Alagoas no próximo ano.

O pacto foi selado em encontro nessa quarta feira, 27, em Maceió. Dirigentes do PRTB, AVANTE, PPS, PODEMOS e PV e candidatos de cinco partidos do encontro em que foi criado o CD.

A foto do encontro (veja abaixo) traduz bem o clima do Ciclo Democrático: todos juntos e unidos. Manter esse clima, com o que vem pela frente, não será fácil. Mas a turma parece com disposiãção.

No encontro, além de debater as projetos de melhorias para a população alagoana e as questões programáticas, o grupo traçou estratégias para eleger pelo menos dois deputados federais.

Participaram do encontro como pré-candidatos ou representando candidatos: a deputada federal Rosinha da ADEFAL, o-ex deputado Regis Cavalcante, o ex-deputado Val Amélio, o ex-presidente da OAB/Al e presidente do Podemos, Omar Coelho, o vereador de Maceió Silvio Camelo, Neno da Lage, ex prefeito de São José da Lage, Fabiana Lira, ex-candidata a prefeita de Lagoa da Canoa (esposa do Deputado estadual Jair Lira), Francisco José do poder do voto, o ex-vereador de Arapiraca Doge do Queijo, o ex-deputado estadual Dudu Albuquerque e o médico Emmanoel Fortes.

Segundo o presidente do PRTB em Alagoas, o grupo pode lançar uma cjapa com 13 homens e 5 mulheres. “Hoje só temos disponível 1 vaga para homens e 3 de mulheres. Vamos ser criteriosos na seleção, pois iremos eleger deputados com 25 mil votos”, resume.

Pelo Podemos, Omar Coelho ressaltou “a importância de manutenção de agendas periódicas para analisar a conjuntura local e nacional”.

Regis Cavalcante, do PPS, lembrou que cada partido manterá a sua ideologia, “mas no entanto se unem para ultrapassar a cláusula de barreira”.

Marco Toledo, presidente do AVANTE registrou que desde a década de 90 o seu partido vem revelando novas lideranças em Alagoas: “esse grupo já nasce grande”, disse.

Representando o PV, o vereador Sílvio Camelo, de Maceió, lembrou que “PV e PRTB costumam marchar juntos nas eleições em Alagoas e desta vez não vai ser diferente”.


Edivaldo Júnior

Author Description

Victor Spinelli

Sem Comentários ainda.

Participe do debate