Agropecuária perde mais de 21 mil empregos formais em novembro

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/12/agro.jpgAgropecuária perde mais de 21 mil empregos formais em novembro

A agropecuária brasileira fechou 21,791 mil empregos com carteira assinada em novembro, mês em que entraram em vigor as novas regras trabalhistas no Brasil. Foram contratadas 60.792 pessoas e outras 82.523 foram demitidas, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado, nesta quarta-feira (27/12) pelo Ministério do Trabalho (TEM).

“As principais classes de atividade da Agropecuária que apresentaram saldo negativo de emprego foram: cultivo de cana de açúcar, especialmente em São Paulo, Goiás e Maranhão; Atividades de Apoio à Agricultura, em particular em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso; e Cultivo de Uva, em particular Pernambuco e Bahia”, informa o comunicado divulgado pela pasta.

No acumulado do ano, o setor mantém o saldo positivo em empregos. De janeiro a novembro, foram criadas 83,303 mil vagas formais, com 949.593 contratações e 866.290 dispensas entre janeiro e novembro. No período de 12 meses encerrado no mês passado, o campo gerou 33,056 mil postos de trabalho com carteira assinada.

Notícias Agrícolas

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate