Trabalhadores canavieiros defendem reajuste de 3,1%

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/12/cana.jpgTrabalhadores canavieiros defendem reajuste de 3,1%

Com uma contraproposta de 3,1% de reajuste salarial, trabalhadores rurais do setor canavieiro alagoano voltam a se reunir, nesta terça-feira, 05, na sede da Federação da Agricultura, a partir das 9h, com representantes da classe patronal.

A categoria, que no início da rodada de negociação chegou a pedir 15% e depois 7% de aumento em cima do piso salarial que é de R$ 970, recebeu uma contraproposta dos patrões de apenas 1,8% de reajuste.

“Foi oferecido para os trabalhadores apenas o percentual de reposição da inflação. Mesmo assim, o valor retroativo a novembro e dezembro só seria pago a partir de janeiro. Vamos voltar a nos reunir e lutar pelos 3,1% para que o novo piso possa ficar em R$ 1 mil”, afirmou o secretário de Assalariados da Fetag-AL e presidente da Fetar-AL, Cícero Domingos.

Apesar do impasse no percentual de reajuste que será dada, o compromisso sobre demais clausulas que foram asseguradas em acordos coletivos anteriores foi mantido pelos representantes da classe patronal formada por Sindaçúcar-AL, Asplana e Faeal.

Assessoria

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate