PRTB reforça chapa com Luiz Pedro e quer eleger 6 estaduais

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/11/eleições.jpgPRTB reforça chapa com Luiz Pedro e quer eleger 6 estaduais

Depois de confirmar, a filiação de Isabele Lins, que deve disputar mandato de deputada estadual, o PRTB anunciou a entrada no partido, na última quinta-feira, 23, de Luiz Pedro. Atual presidente do Inmec Alagoas, com atuação na região do alto sertão, ele também chega para disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa.

Luiz Pedro perdeu as eleições para prefeito em Mata Grande no ano passado, mas espera sair com boa votação do sertão no próximo ano.

O nome de Luiz Pedro, explica o presidente do PRTB em Alagoas, Adeilson Bezerra, foi aprovado pelo grupo que vai disputar vagas na Assembleia Legislativa no próximo ano: “cada novo nome hoje é submetido a esse grupo, formado por candidatos que estão no mesmo patamar. Nossa expectativa é formar uma chapa competitiva, capaz de eleger de 4 a 6 deputados estaduais”, diz.

O time que o PRTB pretende disputar a eleição tem, outros nomes conhecidos. Anote aí: Marcos Ferreira, Marçal Fortes, Ferreira Hora, André Monteiro, Gilmar Nobre, Cidoca, Alves Correia, Jota Cavalcante, Oziel Barros, Zé de Dorinha, Bruno Loureiro e James Ribeiro, além de nomes da “nova geração”, a exemplo de Luiz Pedro, Isabele Lins, Davi Maia e Breno Albuquerque, filho do ex-deputado Dudu Albuquerque.

Perfil

Com experiência na formação de coligações, Adeilson Bezerra avisa que os candidatos à estadual tem, hoje, um potencial entre 10 mil e 20 mil votos. “Com esse time poderemos eleger até seis deputados estaduais. O melhor é que todos terão chances de entrar”, aponta.

Federal

Na chapa de federal, como já antecipei aqui, o PRTB deve formar coligação com o PV, PTdoB e PODEMOS. Entre os nomes que estão escalados para a disputa estão Val Amélio, Rosinha da Adefal, Omar Coelho, Silvio Camelo, Emanuel Fortes, Fabiana Lira, Dorge do Queijo, Pastor Barbosa, Aderval Tenório, Adoniran Guerra e Rodrigo de Neno. Nessa chapa, avalia Adeilson, quem tiver 30 mil votos ou mais tem chances de se eleger. “Todos tem chance. Cada um terá que gastar o solado do passado e correr atrás do eleitor para chegar a Brasília”, aponta.

Edivaldo Junior

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate