Leilão de terminal da Transpetro ameaça produção de Alagoas

http://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/11/leilao.jpgLeilão de terminal da Transpetro ameaça produção de Alagoas

O presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira, declarou que a informação de que o Terminal da Transpetro, localizado no Porto de Maceió, pode ir a leilão, no próximo dia 07 de dezembro, seria uma operação considerada prejudicial a produção interna de etanol.

“Seria uma concorrência predatória caso as distribuidoras assumissem o terminal e este processo significasse uma facilitação para a entrada de produtos importados ou vindos do Centro/Sul do país para o Nordeste. É uma questão que precisa ser combatida. Não podemos permitir que isso aconteça”, declarou o líder do setor sucroenergético alagoano.

Mercado

De acordo com Pedro Robério, não há déficit entre a oferta de produção de etanol e a demanda efetiva em Alagoas. “Somos um Estado exportador de etanol. Vale lembrar que o mercado interno consome apenas 10% de todo o etanol produzido”, alertou.

Para o representante do setor sucroenergético alagoano, apenas no período da entressafra da cana, quando as usinas deixam de produzir o biocombustível, “é compreensível que ocorra uma operação de transferência de etanol de fora. Mas, no período da safra, não faz o menor sentido desta prática por criar uma concorrência desleal”, finalizou.

Assessoria

Author Description

Polyana Lima

Sem Comentários ainda.

Participe do debate