Ibrape revela quem ganha a eleição em Santana do Ipanema

Ibrape revela quem ganha a eleição em Santana do Ipanema

O levantamento do Ibrape em Santana do Ipanema é o primeiro divulgado aqui e mostra uma disputa acirrada entre Renan Calheiros e Téo Vilela para o Senado, além da liderança do deputado federal e candidato à reeleição, Givaldo Carimbão (PHS).

Situada no sertão, a cidade tem cerca de 46 mil habitantes. É a segunda maior na região e uma das maiores do Estado.

Santana do Ipanema tem forte tradição na política alagoana. É uma das poucas cidades que já fez governador em Alagoas.

O atual prefeito, Isnaldo Bulhões (PMDB), é irmão do ex-governador Geraldo Bulhões e pai do deputado estadual Isnaldo Bulhões Filho. Isnaldo já foi conselheiro do Tribunal de Contas e também prefeito de Santana, além de deputado estadual. A sua esposa, Renilde, também foi prefeita e atualmente é suplente do senador Fernando Collor.

O levantamento do Ibrape mostra o atual cenário político em Santana do Ipanema. A pesquisa foi realizada no dia 14 de outubro de 2017, com 800 eleitores de 16 anos ou mais, nos principais bairros e povoados do município. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Neste levantamento, o Ibrape quis saber a opinião do eleitor para, presidente, governador, senador e deputado federal.

Presidente

De novo, o ex-presidente Lula surpreende. Se as eleições fossem hoje, Lula teria, segundo o Ibrape, 68% dos votos em Santana. Em segundo lugar, aparece Bolsonaro (8%), seguido de Marina (5%), Geraldo Alckmin (2%), João Dória (1%), Ciro Gomes (1%), Joaquim Barbosa (1%). Indeciso 5%, brancos e nulos, 9%.

Governador

O Ibrape quis saber, se as eleições fossem hoje, em quem o eleitor votaria, num cenário com 3 candidatos no voto estimulado.

Em Santana, o atual governador também venceria no primeiro turno. Se as eleições fossem hoje Renan Filho (PMDB), teria 45% dos votos, Rui Palmeira (PSDB) ficaria com 18% dos votos e JHC (PSB) com 5% dos votos.

A pesquisa mostra ainda 19% de indecisos e 13% de brancos ou nulos.

No confronto direto, Renan Filho teria 50% e Rui Palmeira 20%.

Téo e Renan lideram para o Senado

Diferente de outros municípios, a disputa para o Senado está definida em Santana. Téo Vilela e Renan Calheiros seriam eleitos no município, com pequenas diferenças entre eles.

O Ibrape montou, como nos levantamentos anteriores, um cenário com cinco prováveis candidatos ao Senado: Renan Calheiros (PMDB), Teotonio Vilela (PSDB), Benedito de Lira (PP), Marx Beltrão (PMDB) e João Caldas (PSB).

O levantamento simulou o primeiro e segundo votos para senador – nas eleições de 2018 serão duas vagas e o eleitor votará duas vezes para o Senado.

Na soma dos dois votos, se as eleições fossem hoje Téo Vilela seria o mais votado com 37%, empatado tecnicamente com Calheiros, que teria 35%. Em terceiro lugar aparece Benedito de Lira, que teria 21%. Com 7%, João Caldas ficaria em quarto lugar, empatado numericamente com Marx Beltrão, também com 7%.

Dos entrevistados, 19% se disseram indecisos e 22% disseram que vão votar branco ou nulo.

Dois votos

De acordo com a pesquisa, no primeiro voto Renan Calheiros ficaria com 22%, seguido de Téo (20%), Biu (11%), Marx (3%) e João Caldas (3%).

O segundo voto, de acordo com o Ibrape ficaria assim: Téo 17%, Renan 13%, Biu 10%, João Caldas 4% e Marx 4%.

Carimbão lidera para deputado federal

O resultado do Ibrape em Santana do Ipanema aponta a liderança do deputado federal Givaldo Carimbão, resultado esperado devido a sua forte atuação no município. Além do trabalho político e religioso, Carimbão tem forte influência nos meios de comunicação da região.

Em Santana, Carimbão teria no voto estimulado, se as eleições fossem hoje, 29,2%. Em segundo aparece o ex- governador Ronaldo Lessa com 6,6%, seguido de Heloisa Helena (6,4%).

Quem aparece em quarto, no município, é Maurício Quintella, que tem uma antiga aliança com o deputado estadual Isnaldo Bulhões. Em Santana, o ministro dos Transportes teria 5,2%, dos votos, seguido de Paulão (2,1%), JHC (1,9%) e Arthur Lira (1,2%). Os demais candidatos tiveram menos de 1% de citação.

Edivaldo Junior

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate