Transportes quer retirar Congonhas da lista de privatizações

Transportes quer retirar Congonhas da lista de privatizações

Voto vencido dentro do governo na decisão de conceder o aeroporto de Congonhas, o Ministério dos Transportes vai pedir uma reunião extraordinária do conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para reavaliar a questão. A sugestão atenderia a pressões do PR às vésperas da votação da segunda denúncia contra o presidente da República, Michel Temer.

Também para agradar ao partido, a pasta avalia a reabertura do aeroporto de Pampulha (MG) para voos de longa distância. Depois da concessão do aeroporto de Confins, o terminal passou a operar apenas voos que não conectam Belo Horizonte a alguma outra capital.

As duas medidas vinham sendo objeto de pressão nos bastidores do governo. Nesta sexta-feira, 20, o jornal Folha de S. Paulo informou que a retirada de Congonhas foi prometida pelo presidente Michel Temer ao ex-deputado Valdemar Costa Neto, que na prática lidera o PR na Câmara.

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, é deputado eleito pelo PR de Alagoas. Segundo pessoas próximas, ele integra uma ala “independente” do partido.

Congonhas foi incluído no programa de concessões por pressão da área econômica, que pretende arrecadar R$ 6 bilhões em taxas de outorga já no ano que vem. A discussão no PPI vai reabrir o debate. Com informações do Estadão Conteúdo.

Notícias ao Minuto

Author Description

Vanessa Ataíde

Sem Comentários ainda.

Participe do debate