Para barrar denúncia, Temer se reúne com 42 deputados nesta terça-feira

Com a proximidade da análise da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara, o peemedebista tem reuniões agendadas com mais de 40 deputados nesta terça-feira (3), segundo a agenda divulgada pela assessoria do Palácio do Planalto.

Por se tratar de uma denúncia contra o presidente, a acusação só poderá ser analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) mediante autorização da Câmara dos Deputados.

Segundo publicado pelo “G1”, a maratona com deputados faz parte da estratégia do governo para barrar o avanço da nova denúncia. Na primeira, o Planalto usou uma estratégia similar.

Além de Temer, a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) inclui os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

A agenda oficial prevê 21 audiências nesta terça-feira. Alguns deputados serão recebidos individualmente. Em outras, haverá reunião com mais de um parlamentar ao mesmo tempo.

Notícias ao Minuto

Descrição do autor

Polyana Lima

Ainda não há comentários.

Participe da conversa