Bandeira vermelha: conta de luz vai ficar mais cara em outubro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve anunciar ainda nesta sexta-feira (29) que a bandeira tarifária do mês de outubro será a mais cara prevista: vermelha, patamar 2. A informação foi divulgada pelo “G1”.

Esta será a primeira vez desde 2015, quando o sistema de bandeiras foi criado, que os consumidores terão de pagar uma taxa extra de R$ 3,50 para cada 100 kWh de energia utilizados. No mês de setembro, vigorou a bandeira amarela, que aplica uma taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh.

A Aneel marcou uma entrevista coletiva para a tarde desta sexta-feira (29), quando anunciará a adoção da bandeira vermelha, bem como pedirá aos consumidores que economizem energia elétrica.

O sistema tarifário através de bandeiras foi criado para repassar aos consumidores o custo da produção de energia. O objetivo é que os consumidores economizem energia elétrica quando o custo está mais elevado.

Bandeira verde indica que o custo de produção de energia elétrica está baixo. Quando ele sobe um pouco, muda para amarela, depois para vermelha, patamar 1, e, por fim, para bandeira vermelha, patamar 2, quando está muito alto.

Notícias ao Minuto

Descrição do autor

Vanessa Ataíde

Ainda não há comentários.

Participe da conversa