País não pode ter combate à corrupção como principal valor, diz Mendes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes está nas páginas do jornal americano The Wall Street Journal desta quinta-feira (14), o veículo trouxe um perfil do magistrado em suas páginas, citando a críticas recebidos por ele por conceder habeas corpus a investigados na Lava Jato.

Ne entrevista, Gilmar Mendes afirmou que um país não pode ter o combate contra a corrupção como seu principal valor. “O ‘ethos’ de um país não pode ser a luta contra a corrupção”, declarou Mendes.

De origem grega, a palavra ‘ethos’ diz respeito aos valores, ideias e crenças fundamentais de um povo.

Para o magistrado, “existe uma parte da mídia e, claro, do Ministério Público, que entende que um julgamento só é bom quando se nega um habeas corpus”. “É preciso ser sensato”, afirmou.

De acordo com informações da revista Veja, o ministro também disse ao jornal que a situação no Brasil está “voltando ao normal”.

__

notícias ao Minuto

Descrição do autor

Victor Spinelli

Ainda não há comentários.

Participe da conversa