Ministério Público realiza audiência para tratar do sistema de transporte público do bairro de Ipioca

Insatisfeitos com as mudanças nos itinerários dos coletivos públicos, moradores do bairro de Ipioca, em Maceió, denunciaram a situação à 66ª Promotoria de Justiça da Capital, que realizou uma audiência pública para tratar do assunto. O principal ponto da pauta foi a instalação de uma parada de ônibus às margens da rodovia AL-101 Norte, nas proximidades de acesso a região conhecida como ‘Alto de Ipioca’ e que gerava insegurança aos usuários. Após a reunião, ficou acordado a transferência do ponto de embarque e desembarque para um local adequado.

Representantes da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) compuseram a mesa a convite do promotor de Justiça e presidente da audiência pública, Antônio Sodré Valentim de Souza, para explicar os critérios adotados na mudança de itinerário. Uma das representantes da comunidade de Ipioca apontou o problema da má prestação de serviços pelas empresas de ônibus e reclamou da maneira ríspida que alguns cobradores e motoristas dispensam aos moradores do local.

O representante da empresa Cidade de Maceió, Paulo Sérgio da Silva, esclareceu as dúvidas e expôs os quesitos utilizados para as mudança. O promotor de Justiça frisou “a necessidade de que a população deve exercer seu direito de reclamação”.

Mudanças

Concluída a audiência ficou acordada a implantação de ponto de desembarque, no lado direito da Rodovia Al 101 Norte, sentido Ipioca, adequado à população local e com a segurança necessária para utilização dos moradores do Alto de Ipioca.

Também foi definido que em 15 dias haveria a implantação do ponto retrocitado, com faixa para pedestres e outras intervenções que garantam a segurança dos usuários na mudança de itinerário decidido pela SMTT. Houve garantia por parte da Secretaria Municipal de sinalização viária do Alto de Ipioca. Caso as implantações não fossem implantadas no prazo previsto, as modificações de itinerário, conforme o acordado, não poderão ser concretizadas.


Ascom MPE/AL

Descrição do autor

Victor Spinelli

Ainda não há comentários.

Participe da conversa