Estado recebe prédio para iniciar construção do viaduto da Polícia Rodoviária Federal

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, anunciaram, em transmissão ao vivo (live) pelo Facebook e Instagram, no início da noite desta quarta-feira (5), que o Estado já recebeu da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o prédio onde funcionava a 13ª Superintendência Regional.

No local, o Governo do Estado vai construir o “viaduto da PRF”, no entroncamento entre as BRs 104 e 316. O contrato para execução da obra será assinado na próxima semana, com a empresa SA Paulista, quando Renan Filho dará a ordem de serviço para o início dos trabalhos.

“Fizemos o projeto, fomos a Brasília, aprovamos no DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], trabalhamos junto à bancada federal para viabilizar os recursos para que essa obra tão importante agora se materialize”, afirmou o governador, lembrando que o equipamento dará maior fluidez ao tráfego de veículos na parte da alta de Maceió.

Segundo Mosart Amaral, o viaduto da Polícia Rodoviária Federal – como está sendo chamada a obra – vai custar R$ 78 milhões e deve ficar pronto em 12 meses, havendo a liberação regular dos recursos. Durante sua construção serão gerados 150 empregos diretos.

“A obra terá dois túneis e um viaduto parecido com aquele que há em frente ao Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. A rotatória continuará. Ali, futuramente, será uma estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que já está previsto”, revelou o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano.

O governador Renan Filho afirmou que a obra dará ‘uma cara nova’ à entrada de Maceió.

“Uma cara moderna como essa da nova Alagoas que a gente tem trabalhado para construir: uma Alagoas de transparência, de redução da violência, da construção de novos hospitais e de melhoria da saúde pública; a Alagoas da escola em tempo integral, a Alagoas de diversos investimentos em mobilidade urbana na capital; a Alagoas dos eixos viários do Quartel e do Cepa, que vão desafogar o trânsito da Fernandes Lima; a Alagoas da duplicação do acesso ao Benedito Bentes e da AL-101 Norte; a Alagoas das obras nas Grotas, a Alagoas que ajusta as contas para fazer os investimentos necessários, pagar os salários e garantir o aumento aos servidores”, concluiu o governador.


Agência Alagoas

Descrição do autor

Victor Spinelli

Ainda não há comentários.

Participe da conversa