ATR de junho tem preço líquido de R$ 0,7643

Com variações mínimas de preços dos produtos que fazem parte do mix da cana, o ATR de junho praticamente não teve alterações em comparação a maio, passando de R$ 0,7633 para R$ 0,7643.

O Conselho de Produtores de Cana-de-açúcar e Etanol dos Estados de Alagoas e Sergipe (Consecana-AL/SE) informou que desde abril, quando a safra 16/17 foi finalizada, o valor líquido do ATR não passou alterações significativas.

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/ Universidade de São Paulo (CEPEA/ESALQ/USP), que fornece os dados para o Consecana-AL/SE, informou que, em junho, o preço médio de um quilo de ATR nos produtos que fazem parte do mix foi de R$ 1,3039 com posição acumulada de R$ 1,2998.

Registraram aumento de preço o saco de açúcar VHP comercializado com o mercado mundial que passou de R$ 73,89 para R$ 74,24 e o etanol anidro cujo metro cúbico subiu de R$ 1.818,43 para R$ 1.852,38.

O levantamento apontou ainda que tiveram queda de preço o saco do açúcar cristal que passou de R$ 77,01 para R$ 74,82 e o etanol hidratado cujo metro cúbico saiu de R$ 1.811,37 para R$ 1.789,99.

Por outro lado, o saco do VHP exportado para o mercado americano manteve o preço praticamente estável entre os dois meses, passando de R$ 99,06 em maio para R$ 99,88 em junho.

Segundo o Consecana-AL/SE,a cana padrão teve uma reação em junho e subiu de R$ 87,0849 para R$ 87,1990 com posição acumulada de R$ 86,9366.


Assessoria

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa