Governador garante primeira parcela do reajuste já na folha de junho

O governador Renan Filho afirmou, nesta sexta-feira (23), que, se necessário, fará uma folha suplementar para garantir a primeira parcela do reajuste salarial dos servidores públicos estaduais. O projeto de lei encaminhado pelo Poder Executivo na semana passada, à Assembleia Legislativa do Estado (ALE), foi aprovado na quinta-feira (22).

“Vamos tentar incluir o reajuste. Como é uma questão técnica, se não der tempo de incluir na folhado mês, será feita uma suplementar, só para deixar claro para o servidor que ele vai receber o aumento já no salário do mês de junho, como ficou combinado”, declarou Renan Filho.

No dia 13 deste mês, o governador anunciou o reajuste salarial de 6,29% para os servidores públicos estaduais ativos (efetivos e comissionados) e inativos. Conforme o projeto de lei, a recomposição salarial se dará em duas etapas.

A primeira estabelece o reajuste de 3,15% a partir da folha do mês de junho. A segunda será de 3,14% para dezembro deste ano, perfazendo o total de 6,29% de recomposição salarial.

“Alagoas foi o único Estado no Brasil que deu aumento geral até agora. Um ou outro Estado pode ter dado aumento pontual pra uma ou outra categoria, mas aqui conseguimos dar aumento geral para todos os servidores. Isso é uma grande demonstração de que o Estado está fazendo o dever de casa, no ajustamento das finanças públicas, para garantir avanços ao servidor público, porque, na verdade, é ele que leva a política pública ao cidadão”, concluiu Renan Filho.


Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa