Aliança entre RF e Lessa deve ser formalizada nos próximos dias

Aliados em 2014, o governador Renan Filho (PMDB) e o deputado federal Ronaldo Lessa (PDT) sinalizam a repetição da parceria política em 2018.

Nada fora do previsto.

Mesmo com o afastamento do Palácio dos Palmares no ano passado, em função de sua posição nas eleições de Maceió – quando decidiu apoiar a candidatura de Rui Palmeira – Lessa manteve sempre relação próxima com o governador e seu grupo.

Como coordenador da bancada federal, Lessa sempre esteve perto de RF. E apesar de palanques diferentes em Maceió, os dois estiveram juntos, do mesmo lado, em várias cidades do interior.

Passadas as eleições, RF e Lessa voltaram a conversar além do campo institucional e ensaiam a formalização de uma aliança política para 2018 – sem restrições.

Desde o ano passado, os encontros entre os dois têm sido mais frequentes. Na semana passada, RF e Lessa estiveram juntos em Brasília. A retomada da aliança ficou praticamente definida.

O que se especula agora é que Ronaldo Lessa indicará um nome para o primeiro escalão do governo. Não será mais a Secretaria do Trabalho – que está agora na cota dos deputados Nivaldo e Antônio Albuquerque.

Lessa, segundo informações de bastidores, indicaria um nome para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

“É verdade que o governador ofereceu a indicação para uma Pasta, mas a questão do cargo é secundária. O Ronaldo não colocou, nem coloca isso como condição. O que os dois estão buscando é fortalecer pontos convergentes, porque querem estar juntos, mais uma vez, nas próximas eleições”, revela um importante assessor de Renan Filho que participou do último encontro dele com Ronaldo Lessa.

O reembarque de Lessa no governo não tem data marcada, mas deve ser breve. “A conversa entre os dois amadureceu bastante. Falta agora apenas os dois formalizarem a parceria, o que deve acontecer até o começo do próximo mês ou antes disso”, aponta o assessor.


Edivaldo Júnior

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa