Projeto Crescer no Campo Leite e Derivados será lançado no próximo dia 08

Para promover o aumento da competitividade de pequenos negócios da cadeia produtiva do leite, com atuação na gestão, inovação, serviços tecnológicos e oportunidades de negócios no estado, o Sebrae em Alagoas vai lançar, na próxima quinta-feira (08), a partir das 8h30, o Projeto Crescer no Campo Leite e Derivados em Alagoas. O evento, na sede da instituição, deverá reunir parceiros, empresários, transportadores e produtores de leite e laticínios, além de associações de produtores.

Na oportunidade, Marcos Fontes, gerente adjunto da Unidade de Agronegócios (UAGRO) do Sebrae, apresentará o projeto, que vai atender vários elos da cadeia produtiva: os produtores de leite; os tanques comunitários; os transportadores de leite; os laticínios; além de ações na área de políticas públicas. O lançamento também contará com uma apresentação da campanha do marketing do leite, feita por Danielle Santoro, gerente da Unidade de Marketing e Comunicação (UMC) da instituição.

De acordo com Marcos Fontes, uma das principais ações do projeto é oferecer a consultoria da metodologia Balde Cheio, por meio do Programa Sebraetec, além de consultorias em melhoramento genético. O gerente adjunto destacou que o projeto é muito importante para a região do semiárido alagoano como fator diminuidor da desigualdade, pobreza e vulnerabilidade a riscos sociais, representando o grande desafio de melhorar as condições de vida da população, gerando ocupação e renda, sobretudo na zona rural.

“Esse projeto vai apoiar o desenvolvimento do estado através do estímulo à cadeia produtiva do leite, tornando-a mais competitiva e capaz de gerar ocupação e renda, principalmente na região semiárida, onde as oportunidades de negócios são escassas e a produção de leite e seus derivados constituem uma das melhores alternativas para o desenvolvimento”, argumentou Marcos.

O Projeto Crescer no Campo Leite e Derivados em Alagoas já conta com parceiros como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/AL), a Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), a Cooperativa Pindorama e a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA).


Agência Sebrae

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa