Prorrogação de prazo de vacinação contra aftosa dá nova oportunidade a produtor

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de Alagoas (Faeal), Álvaro Almeida, reforçou que a decisão da Adeal de prorrogar a vacinação contra a febre aftosa é mais uma oportunidade dada ao criador que não conseguiu imunizar os animais no prazo oficial.

“É mais uma chance para quem deixou para vacinar nos dias finais do prazo e que foi surpreendido pelas chuvas ocorridas nos últimos dias de maio que dificultaram a vacinação pra muita gente” afirmou Almeida.

A decisão de adiar o encerramento da primeira etapa da campanha de 31 de maio para 15 de junho foi tomada diante da estiagem prolongada e posterior excesso de chuvas ocorrido nas últimas semanas de maio.

Perdas

Segundo Álvaro Almeida, criadores alagoanos relataram que a seca comprometeu o estado nutricional do rebanho, ocasionando mortes de animais por desnutrição. “Muitos criadores de várias regiões do Estado nos relataram que perderam parte do rebanho por conta da seca”, alertou.


Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa