Renan Filho mantém diferença para Rui Palmeira em nova pesquisa

Na nova pesquisa Ibrape de intenção de votos para presidente, governo e para o Senado em Alagoas, divulgada aqui em primeira mão (http://wp.me/p6TEFy-3Yw) mostra que o governador Renan Filho (PMDB) e o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) perderam – ambos – 3 pontos percentuais, em relação ao levantamento anterior, divulgado pelo blog em 20 de março deste ano ( http://wp.me/p6TEFy-3Qp). A diferença entre os dois permanece a mesma: 17 pontos.

O levantamento, o segundo divulgado aqui este ano, foi realizado entre os dias 26 e 30 de maio de 2017. Foram entrevistados 2 mil eleitores com 16 anos ou mais em 45 cidades de todas as regiões do estado, incluindo a capital Maceió e a grande Maceió.

Neste levantamento, o Ibrape montou apenas um cenário para as eleições de governador, além da avaliação dos governos de Renan Filho e Rui Palmeira. Até o momento o único nome citado nos meios políticos como eventual candidato de oposição ao governo é do prefeito de Maceió. O atual governador, salvo fato novo, é candidatíssimo à reeleição.

Volto a divulgar o resultado em primeira mão. Se as eleições fossem hoje os candidatos fossem Renan Filho e Rui Palmeira, o atual governador seria reeleito, com 39% das intenções de voto. Rui Palmeira teria 22%. Na pesquisa de março os dois tiveram, respectivamente, 42% e 17%.

Renan Filho lidera em todas regiões, exceto Maceió

A pesquisa Ibrape traz resultados estratificados por 8 regiões de Alagoas, incluindo a capital Maceió. No confronto direto, Renan Filho ganha em 7 e perde apenas em uma. O melhor resultado do atual governador é no sertão, onde ele tem 50% da preferência e Rui Palmeira fica com 18%. O melhor resultado do prefeito de Maceió é justamente na capital, onde tem 29% contra 23% de RF.

Veja os resultados das demais regiões: Agreste, RF 48% x 19% RP; Grande Maceió, RF 42% x 27% RP; Mata, RF 43% x 25% RP; Norte, RF 41% x 23% RP; Sul, RF 35% x 21% RP.

Rejeição

A pesquisa Ibrape também divulgou a rejeição dos dois candidatos, num eventual confronto direto. Rui Palmeira tem a maior rejeição (28%), enquanto 19% dos entrevistados disseram que não votaria de jeito nenhum no atual governador.

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa