Seminário debate oportunidades de negócios no Semiárido alagoano

Negócios sustentáveis e inovadores, agronegócio, empreendedorismo e tecnologias. Estes foram os temas abordados durante o Seminário de Oportunidades do Semiárido alagoano, realizado no Campus da Ufal, em Delmiro Gouveia, encerrado nesta sexta-feira (26).

Os participantes tiveram a oportunidade de ouvir e debater temas relacionados ao Semiárido, como negócios agrícolas na região, a diversidade do Semiárido, melhoria do ambiente, biodiversidade da caatinga, potencialidades nos negócios, entre outros.

Para o secretário executivo de políticas e agronegócios da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Otávio Machado, o evento serviu como uma excelente oportunidade para o debate, suas potencialidades e a diversificação das atividades agrícolas.

“Como o Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão é uma política do Governo de Alagoas, foi uma oportunidade também de discutir o tema como processo de oportunidades de geração de emprego e renda”, afirmou Machado.

Reinaldo Falcão, assessor técnico da Seagri, destaca que o seminário teve grande influência não só no meio acadêmico, mas também junto aos técnicos e aos produtores. Segundo Falcão, foram temas relevantes como preservação ambiental, recuperação da caatinga e as possibilidades de diversificação agrícola.

O seminário, que contou com a participação da Ufal, Seagri, Emater, BNB, IABS e Ministério da Integração, reuniu professores, técnicos, produtores e alunos.


Fonte: Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa