“O momento exige muita calma”, diz Renan Filho sobre crise no país

O governador Renan Filho ainda não se pronunciou publicamente sobre a repercussão da grave crise nacional  no governo federal. Prefere esperar mais um pouco, deixar a poeira baixar, para se posicionar em relação a Michel Temer.

Mesmo ainda não emitindo uma posição sobre o governo federal, o governador Renan Filho avisa que está acompanhando de perto e com atenção o desenrolar da crise.

Nesse momento, a maior preocupação de RF é com o Brasil. A crise, que começou com o vazamento da delação de Joesley Batista pode ter forte repercussões na economia nacional, afetando diretamente estados e municípios.

Em declaração exclusiva ao blog, o governador disse que deve se pronunciar politicamente sobre a crise até o começo da próxima semana, no máximo.

O momento é difícil, o imponderável é muito grande. O problema do governo federal impõe a todos nós, que temos responsabilidade de governar Alagoas, que tenhamos muita serenidade para levar o governo firme, mantendo tudo em dia e com a segurança com que trouxemos até agora”, aponta.

O governador recomenda: “o momento exige muita calma”.

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa