Maia diz que sem Renan, Congresso não teria avançado em votações

sssshttp://edivaldojunior.com.br/wp-content/uploads/2017/05/rodrigo-maia2.jpg

A informação é de O Globo. O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) destacou, durante evento realizado no Palácio do Planalto nessa sexta-feira, o papel do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) na aprovação de medidas importantes para o país no Congresso Nacional.

A fala de Maia ajuda a distensionar a queda de braços do líder do PMDB no Senado com o presidente Michel Temer, por conta de divergências nas propostas de reforma trabalhista e da Previdência. O próprio senador, em reunião da bancada do PMDB no Senado com Temer, dois dias antes, sinalizou para um diálogo, depois que o presidente admitiu fazer mudanças nos projetos de reforma que assegurem direitos aos trabalhadores.

Veja o texto de O Globo

Sem Renan, Congresso não teria avançado em votações, diz Maia

Em evento no Planalto, o presidente da Câmara elogiou o peemedebista

Em meio ao embate entre o Planalto e o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), agradeceu ao peemedebista pela aprovação das reformas propostas pelo governo federal, como a emenda que estabeleceu um teto de gastos para as contas públicas. Renan é um dos principais críticos das reformas trabalhista e previdenciária enviadas ao Congresso pelo governo de Michel Temer.

Sem Renan e Eunício (Oliveira), o Congresso não teria avançado tanto em votações importantes. A participação do presidente Renan e do presidente Eunício foram importantes para termos muitas vitórias para o nosso país. Pela primeira vez do Brasil saímos da fácil política econômica de aumentar impostos — disse Maia, em evento no Palácio do Planalto, em comemoração ao primeiro ano do governo Temer.

Apesar de ser do mesmo partido de Temer, Renan reúne no Senado os principais focos de resistência contra as reformas propostas pelo governo, que trabalha para diminuir a influência do senador. Maia também citou a reforma da Previdência, aprovada na comissão especial e pronta para ser votada no plenário.

Nós vamos reduzir o populismo e recuperar uma política austera. Pode contar comigo como deputado, com o presidente da Câmara em tudo aquilo que for fundamental para o país voltar a crescer — disse Maia.

Leia aqui, na íntegra: https://oglobo.globo.com/economia/sem-renan-congresso-nao-teria-avancado-em-votacoes-diz-maia-21330860

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa