Temer ignora Renan e tenta criar canal direto com senadores

A queda de braços entre o presidente Michel Temer e o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, está longe de acabar.

O senador alagoano segue fazendo críticas contra a reforma trabalhista e a reforma da Previdência. Para tentar acelerar a votação das propostas no Senado, Temer tenta neutralizar o líder do PMDB. Depois que a tentativa de destituir Renan Calheiros da liderança, esta semana, falhou, o governo decidiu apelar para a influência do senador Romero Jucá.

Segundo o Blod de Andréia Sadi, que cobre política para a Globonews no Congresso Nacional, o presidente Michel Temer pediu ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) que organize na manhã da próxima terça-feira (9) uma reunião, no Palácio do Planalto, da bancada do PMDB do Senado.

Na prática, o pedido ignora a liderança do senador Renan Calheiros à frente da bancada de 22 senadores do PMDB.

Ainda segundo Sadi, Temer tem criado um canal direto com senadores do PMDB, já que não conta com a interlocução de Renan junto aos parlamentares para aprovar as matérias do ajuste fiscal.

Assessores de Temer tentam minimizar o pedido direto a Jucá e afirmaram ao blog que a demanda foi feita porque ele é o “presidente do PMDB”.

Leia aqui o texto de Sadi, na íntegra:

http://g1.globo.com/politica/blog/andreia-sadi/post/temer-ignora-renan-e-pede-para-juca-convocar-bancada-do-pmdb.html

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa