Projeto de incentivo à atividade pesqueira é tema de reunião na Emater

O diretor-presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater/AL), Carlos Dias, discutiu com a Federação Alagoana de Pescadores a execução do projeto para provimento de recursos materiais que incentivem a atividade pesqueira desenvolvida por 33 mil famílias no Estado.

O projeto, autorizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), será realizado com recursos de emenda parlamentar do deputado Marx Beltrão, atual ministro do Turismo, que viabiliza o uso de R$ 1 milhão para aquisição de equipamentos de infraestrutura pesqueira utilizados rotineiramente pelos pescadores.

Com o investimento, o que se pretende é melhorar a qualidade de trabalho e renda do setor pesqueiro, substituindo os equipamentos em condições precárias por novos de acordo com levantamento realizado em 23 colônias de pescadores e associações acerca das necessidades de cada região.

Segundo Carlos Dias, o projeto é uma das iniciativas do Governo para tornar a atividade atrativa e viável em Alagoas, mudando a situação de vulnerabilidade social à qual os pescadores são submetidos. “É preciso criar condições para que o pescador garanta seu sustento e o de sua família”, ressaltou.


Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa