Ação educativa e fiscalização seguem em espaços com Zona Azul

Teve início no último sábado (08) a fiscalização da Zona Azul que, inicialmente, engloba os bolsões de estacionamento dos edifícios Harmony Center e Le Monde, na Jatiúca. No primeiro dia, 74 veículos foram autuados e três removidos por desrespeito à medida, que visa democratizar e oferecer mais rotatividade ao espaço público.

Para orientar os condutores acerca do funcionamento da Zona Azul, bem como sobre a forma de pagamento via talão e aplicativo, a SMTT estará mantendo equipes de educadores no local durante toda a semana.

“Percebemos que há pessoas ainda com dúvidas quanto à utilização da Zona Azul. Nosso objetivo não é autuar os condutores, mas levá-los a entender que a Zona Azul democratiza os espaços públicos para que todos os utilizem de forma justa e haja rotatividade de veículos na região. Era notório o uso de forma quase que privativa naquela área, com veículos estacionados o dia inteiro”, afirma o superintendente da SMTT, Antonio Moura.

A Zona Azul funciona de segunda a sexta, das 8h às 19h, e no sábado de 8h até 14h. Equipes de fiscalização de trânsito da SMTT verificarão a regularidade, por meio do talão em papel no parabrisa dos veículos, ou por meio do aplicativo das equipes de fiscalização.

O inciso XVII do artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que estacionar o veículo em desacordo com as condições regulamentadas especificamente pela sinalização é uma infração grave. Além do acúmulo de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor, há multa de R$ 195,23, com veículo sujeito à remoção ao pátio da SMTT.

Ascom SMTT

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa