Chuvas registradas no Litoral Sul anima presidente da Pindorama

As chuvas registradas nos primeiros dias do mês de abril nas proximidades da Cooperativa Pindorama foram o suficiente para renovar os ânimos dos colonos e produtores rurais do Litoral Sul de Alagoas. A estimativa é que entre domingo (2) e esta quarta-feira (5) cerca de 35 milímetros de chuvas foram registrados na região, o bastante para minimizar os efeitos da seca na região.

O momento, segundo o presidente da Pindorama, Klécio Santos, possui devida importância pelo fato de demonstrar que nem tudo está perdido nesse ano. “Depois do período seco, com uma escassez branda de chuvas, algumas regiões já começaram inserir esses dias de chuvas em seus planos de reconstrução do canavial e lavoura. Isso é positivo para ajudar a superar os vestígios da seca e tornar o solo produtivo novamente”, avaliou Klécio.

Apesar de ser uma região privilegiada pelas características do clima de Litoral, Klécio Santos, diz que os produtores foram castigados tão quanto os das demais regiões. “A seca é geral, vem gerando prejuízo e estagnação da produção de muita gente por aqui também. Foi preciso cuidado redobrado com a pecuária e agricultara para que a irrigação e nutrição suprissem a produção natural de água e insumos”, relatou.

Atualmente a Cooperativa Pindorama possui cerca de 1500 colonos que atuam na fruticultura, produção de leite, cana-de-açúcar, coco e criação de aves. A gerência agrícola da Cooperativa tem apelado para aquisição de Kits de Irrigação para enfrentar a dificuldades de reservatórios de água. “Água é o primeiro insumo de uma produção, sem ela é impossível produzir”, sintetizou Santos.


Assessoria

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa