Alerta: 5 mil servidores de AL podem ficar sem salários

Pelo menos 5 mil servidores públicos do Poder Executivo de Alagoas correm o risco de ter seus salários suspensos já no próximo mês. O alerta é da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado serve para os funcionários que ainda não realizaram a atualização cadastral nas agências da Caixa. O novo prazo definido pelo Governo do Estado para a realização do cadastro vai até esta sexta-feira (7).

O secretário da Seplag, Fabrício Marques Santos, explica que cerca de 5 mil colaboradores não atenderam a primeira convocação para a atualização dos dados e, por isso, devem se regularizar agora – sob pena de suspensão dos benefícios.

Diferentemente do período inicial, não será necessário realizar nenhum agendamento prévio. Basta que o servidor procure a sua agência da Caixa e realize a atualização cadastral. No ato do atendimento, é importante ter em mãos originais e cópias de um documento oficial de identificação com foto, CPF, comprovante de residência com CEP válido, além de contracheque ou documento que contenha a matrícula e o número de ordem.

De acordo com o secretário de Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos, a atualização cadastral é necessária para todos os tipos de contas vinculados ao recebimento dos salários e benefícios provenientes do governo estadual. “Aproximadamente 70 mil servidores, entre ativos, aposentados e pensionistas, fizeram a atualização obrigatória no prazo inicial estabelecido pelo Governo do Estado. No entanto, identificamos um quantitativo grande de colaboradores que precisam se regularizar. É fundamental que esses servidores procurem a Caixa até o dia 7 de abril para fazer a atualização”, explica Marques.

A Agência Alagoas distribui texto sobre a atualização cadastral. Veja:

Servidor: atualização cadastral ocorre até esta sexta-feira (07)

Servidores que não atenderam a primeira convocação devem procurar a Caixa para realizar o procedimento

Ainda dá tempo para que os servidores públicos do Poder Executivo alagoano que não realizaram a atualização cadastral nas agências da Caixa realizem o procedimento sem correr o risco de terem seus salários suspensos já no próximo mês. O novo prazo definido pelo Governo do Estado vai até esta sexta-feira (7). Cerca de 5 mil colaboradores não atenderam a primeira convocação e, por isso, devem se regularizar.

Diferentemente do período inicial, desta vez não é necessário realizar nenhum tipo de agendamento prévio. Basta que o servidor procure a sua agência da Caixa e realize a atualização cadastral. No ato do atendimento, é importante ter em mãos originais e cópias de um documento oficial de identificação com foto, CPF, comprovante de residência com CEP válido, além de contracheque ou documento que contenha a matrícula e o número de ordem.

De acordo com o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques Santos, a atualização cadastral junto à Caixa Econômica Federal é necessária para todos os tipos de contas vinculados ao recebimento dos salários e benefícios provenientes do governo estadual.

“Aproximadamente 70 mil servidores, entre ativos, aposentados e pensionistas, fizeram a atualização obrigatória no prazo inicial estabelecido pelo Governo do Estado. No entanto, identificamos um quantitativo grande de colaboradores que precisam se regularizar. É fundamental que esses servidores procurem a Caixa até o dia 7 de abril para fazer a atualização”, explica Marques.

Ainda de acordo com a portaria publicada pelo Estado, para os casos em que servidores aposentados ou pensionistas sejam representados por meio de tutela ou curatela, a atualização cadastral deve ser realizada, exclusivamente, na Alagoas Previdência ou na Seplag, conforme vínculo ativo. Pensionistas menores de 18 anos devem estar acompanhados por um dos pais no ato da atualização cadastral.

Servidores impossibilitados de locomoção poderão solicitar, por meio de procurador, visita domiciliar de representante da Alagoas Previdência ou Seplag.

Descrição do autor

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior

Edivaldo Junior é jornalista, colunista da Gazeta de Alagoas e editor do caderno Gazeta Rural

Ainda não há comentários.

Participe da conversa