Governo do Estado discute demandas do setor produtivo de São Miguel dos Campos

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, se reuniu nesta sexta-feira (02), durante a 5ª edição do Governo Presente, com empresários da Granbio, Usina Caeté e Intercement, em São Miguel dos Campos, para discutir as principais demandas do setor produtivo e as perspectivas de negócios na região.

Durante o encontro, os empresários apresentaram informações sobre as indústrias, ressaltando as necessidades locais do ponto de vista de infraestrutura e mercado. O diálogo possibilita que sejam traçadas soluções alinhadas ao trabalho realizado pelo Governo do Estado.

“Acreditamos em um crescimento construído em parceria entre a iniciativa privada e pública. Nesse momento de crise, é preciso criatividade, fazendo o melhor dentro das possibilidades permitidas. O Governo do Estado tem se mostrado presente, intensificando o trabalho de regionalização do desenvolvimento em Alagoas” afirmou o secretário.

As três indústrias, que atuam em diferentes segmentos, possuem forte influência no cenário econômico da região. Contando com avançadas tecnologias, a Usina Caeté produz açúcar, etanol e outros derivados da cana-de-açúcar, impactando 13 municípios da região.

Já a empresa Intercement, constituída em novembro de 2014, tem como atividade principal a fabricação e comercialização de cimento e concreto, responsável por gerar 140 empregos diretos. Na ocasião, o secretário Helder Lima conheceu as instalações da indústria.

Granbio

Com capacidade de produzir 82 milhões de litros de etanol celulósico por ano, a empresa de biotecnologia industrial Granbio cria soluções para transformar biomassa em produtos renováveis, como biocombustíveis e bioquímicos, através da palha e do bagaço da cana-de-açúcar. A fábrica está em funcionamento em Alagoas desde setembro de 2014, em São Miguel dos Campos, e atua com incentivos fiscais previstos dentro do Programa de Desenvolvimento Integrado de Alagoas (Prodesin).


Agência Alagoas

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa