MCCE promete fiscalizar propaganda eleitoral antecipada e “escrachada” nas redes sociais

O coordenador do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral em Alagoas, Antônio Fernando da Silva, o Fernando CPI, promete denunciar vários candidatos nas eleições deste ano em Maceió e em cidades do interior que estão utilizando as redes sociais para fazer propaganda eleitoral antecipada.

“É ilegal e imoral a forma como alguns candidatos estão usando as redes sociais para fazer propaganda. Vamos denunciar esses candidatos no TRE”, adianta.

O governador Renan Filho (PMDB) e o prefeito Rui Palmeira (PSDB), que concorre à reeleição em Maceió, também estão na mira do MCCE, em razão de movimentos políticos na capital.

“Vamos investigar o uso abusivo de verbas publicitárias na prefeitura e investigar se esse programa que o governador lançou nessa segunda-feira (Pequenas Obras, Grandes Mudanças) tem caráter eleitoreiro, na medida em que serviu para promover o candidato do PMDB à prefeitura, Cícero Almeida”, avisa.

Atualizando às 17h40

No caso do Programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças, Fernando CPI ligou para informar que não fará a investigação diretamente, por falta de tempo: “eu fiquei de ir acompanhar como o movimento caras Pintadas, mas não foi possível. Estou acompanhando apenas os gastos publicitários da prefeitura de Maceió”, aponta.


EJ

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa