Crianças recebem a partir de hoje segunda dose da vacina contra gripe

Aplicação ficará na responsabilidade das prefeituras municipais

O Programa de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia nesta segunda-feira (30) a aplicação da 2ª dose da vacina contra o vírus influenza (gripe) para as crianças de 6 meses a menores de 5 anos. A vacina é destinada às crinças que receberam a primeira dose este ano, ou seja, que não foram vacinadas em campanhas anteriores e que tiveram agendadas nas suas cadernetas de vacinação a 2ª dose para 30 dias na primeira etapa da imunização infantil, iniciada em 25 de maio.

“As crianças nessa faixa etária que foram vacinadas nas campanhas dos anos anteriores só necessitavam receber a dose única, já realizada. Mas nesta 2ª dose também serão contempladas crianças de 5 a 8 anos que possuem doenças crônicas e que também só tiveram o primeiro contato com a vacina este ano”, explica a coordenadora do Programa de Imunizações do Município, Eunice Amorim.

“Passados 30 dias do início da campanha é chegado o momento dos pais levarem novamente as crianças nas condições definidas às unidades de saúde, para completarem seu esquema vacinal”, acrescentou Eunice.

A coordenadora enfatiza ainda que as doses da vacina, que começam a ser distribuídas de forma parcelada para as unidades na própria segunda-feira, de acordo com registro de doses aplicadas, são destinadas exclusivamente para a cobertura desta 2ª dose de imunização das crianças.

“Ressaltamos que a vacinação para o público-alvo geral da campanha já foi encerrada no último dia 25 e continuamos com um quantitativo limitado de doses para atender a esta nova fase. Por isso, pedimos a compreensão dos demais beneficiados pela campanha, para que não procure as unidades com este fim, pois todas elas só estão autorizadas a fazer a imunização das crianças na faixas etária e condições pré-definidas para este momento”, explicou Eunice.

De acordo com a coordenadora, apesar das dificuldades enfrentadas em todas as capitais do país, a campanha foi considerada exitosa, atingindo um percentual de cobertura vacinal de 90,13% até o momento. ” Em Maceió, atribuimos esse resultado ao trabalho e compromisso desempenhado por todos os envolvidos na campanha”, complementou.


Gazetaweb

Descrição do autor

Redação

Ainda não há comentários.

Participe da conversa